Frete Internacional

Por que a JM Aduaneira é a melhor opção para desconsolidação de carga?

fevereiro 18, 2020
Tempo de leitura 6 min

O gerenciamento dos processos logísticos é uma etapa cada vez mais decisiva para a otimização de desempenho de uma empresa, permitindo também que se crie um elo mais forte de fidelização com os clientes. Mas, ao contrário do que muitos podem imaginar, essa atividade de distribuição de mercadorias pode esconder muitas armadilhas, sobretudo, quando envolve o assunto “despacho aduaneiro”.

Nesse cenário, há um grande volume de regras e condutas exigidas, e um simples descuido pode levar a vários prejuízos e penalizações. Você sabe, por exemplo, o que é a desconsolidação de carga e como ela pode contribuir para o crescimento do seu negócio?

Diante da relevância do tema, elaboramos um post para que você entenda como funciona esse processo e por que contar com a parceria especializada da JM Aduaneira nessa missão. Continue a leitura do artigo e confira! 

Afinal, o que é a desconsolidação de carga?

De maneira bem simples, podemos conceituar a desconsolidação de cargas como o processo de separar mercadorias em lotes pequenos, a fim de que sejam entregues aos seus destinatários.

Isso acontece, principalmente, em virtude da busca por alternativas mais baratas de fretes, quando o destino é a mesma localidade ou o mesmo cliente; procedimento conhecido na logística aduaneira como consolidação — reunir pequenos produtos para formar um montante maior e, assim, otimizar o seu armazenamento e os custos com o transporte.

A desconsolidação de cargas é, portanto, o inverso da consolidação e também se denomina como fracionamento de cargas. Nessa etapa, a atividade de distribuição pode ser cumprida total ou parcialmente, transcorrendo da seguinte maneira:

  • manutenção dos itens como uma unidade enquanto é armazenada, e fragmentação conforme o fluxo de estoque é separado;
  • separação imediata dos produtos e armazenamento em locais específicos.

Por envolver volumes fracionados, vale destacar que o procedimento exige atenção redobrada para que não haja perdas ou falhas na realização do despacho.

Vale destacar que a desconsolidação é uma tendência que merece bastante atenção dos empreendedores que atuam nesse mercado, tendo em vista que proporciona muitas vantagens competitivas para empresas que dependem do transporte de mercadorias, mas que não necessariamente têm um grande volume a enviar — o custo final do frete fica mais em conta.

Por que o gerenciamento logístico é indispensável nesse despacho aduaneiro?

Contar com um bom gerenciamento logístico nesse estágio é fundamental para que a desconsolidação de carga aconteça com o máximo grau de eficiência. Esse é um trabalho que depende do mapeamento de todas as etapas a serem cumpridas, para que, então, as respectivas ações sejam planejadas e executadas, tais como:

  • o controle do fluxo de matérias-primas;
  • o controle dos estoques semiacabados e acabados; 
  • o controle do fluxo de informações do ponto de origem ao ponto de consumo.

Enfim, é o trabalho de gerenciamento do despacho aduaneiro que dará o amparo necessário ao cumprimento das tarefas da forma mais adequada para produzir os efeitos a que se propõe.

Quais os tipos de carga existentes?

A análise dos tipos de carga parte do conceito de que ela deve ser entendida como tudo aquilo que pode ser transportado, independentemente do modelo do veículo. A seguir, vejamos algumas modalidades específicas.

Carga simples

É o tipo de carga que não tem requisitos para ser transportada — a distribuição pode ser feita por qualquer veículo.

Carga paletizada

É aquela transportada por meio de pallets — várias mercadorias reunidas em uma superfície, formando uma unidade de carga.

Carga unitizada

É aquela transportada por meio de uma unidade de carga, conhecida como container.

Carga consolidada aérea

É aquela carga cujo despacho aduaneiro somente pode ser feito por meio do conhecimento de carga House.

Carga consolidada marítima

É a contratação fracionada de um espaço dentro do container, que será divido com outros importadores/exportadores e cuja operação de deslocamento é feita por empresas(armadores) que transportam carga internacional, sendo necessária a contratação de um agente de carga no Brasil para intermediar a contratação deste tipo de modalidade junto a uma empresa marítima no exterior.

Quais as principais atribuições do agente de carga?

O agente de carga é o profissional responsável pelo reembarque e pelos procedimentos legais de entrega das mercadorias consolidadas. Ele gerencia o processo logístico de acordo com o tipo de negociação firmada, bem como atende a embarcadores de cargas pequenas.

O trabalho do agente de carga é realizado em conjunto com o operador de transporte responsável pelo conhecimento de embarque próprio e pela emissão da Bill of Landing (BL); até que o serviço passe a ser da incumbência do despachante aduaneiro ou do importador.

O agente de cargas é aquela pessoa que cuida de todas as providências burocráticas e das necessidades do parceiro comercial, ou seja, quem garante que as exigências legais sejam atendidas. Dentre as principais funções desse colaborador na desconsolidação, podemos mencionar:

  • caracterização do volume enviado pelo Trânsito de Carga do Exterior quando esse chega a solo nacional;
  • complementação do andamento da carga da origem ao destino (consolidação/desconsolidação);
  • identificação do objeto da desconsolidação perante a Receita Federal; recepção dos custos do frete com o agente de desconsolidação;
  • resposta por erros e omissões do processo perante a Receita Federal etc.

Por que a JM Aduaneira é a melhor opção do mercado?

A JM Aduaneira é uma empresa especializada em consultoria para serviços de despacho aduaneiro e frete internacional, atuando desde as operações simplificadas até as mais complexas desse mercado há 16 anos. 

Portanto, é um parceiro que se destaca pela experiência e pelo atendimento personalizado que é dado a cada cliente. Além de ser mais atenta aos critérios legais, a JM Aduaneira tem a expertise de pesquisar os melhores fretes em busca da otimização de custos para os seus clientes e faz todo o acompanhamento logístico da mercadoria — da origem até o destino final.

Por se manter sempre atualizada de todas as tendências capazes de potencializar a atividade, o auxílio dessa consultoria especializada pode representar uma peça-chave para as operações de transporte e comércio exterior do seu negócio, resolvendo as burocracias com menos dores de cabeça e prejuízos.

Como vimos, a desconsolidação de carga é uma etapa muito importante dentro das operações logísticas. E, por se tratar de uma atividade que engloba uma série de critérios, dominar o assunto é fundamental para colher os benefícios que a estratégia pode proporcionar. Logo, contar com a expertise de quem já dispõe de uma bagagem no mercado, como a JM Aduaneira, é uma das principais formas de garantir a excelência dessas operações.

Gostou do artigo? Viu como um processo eficiente de desconsolidação de cargas é importante para o desempenho e a lucratividade de uma empresa? Então, aproveite para entrar em contato com a equipe JM Aduaneira e descobrir, na prática, as vantagens que temos a oferecer.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário