Importação

3 pontos cruciais na importação de máquinas e equipamentos

setembro 17, 2019
Tempo de leitura 3 min

Apesar de extremamente rentável, a importação de máquinas e equipamentos é uma operação que necessita de uma alta dose de conhecimento e da utilização de táticas e estratégias corretas para que todos os benefícios esperados desse procedimento de comércio exterior sejam garantidos.

Dentro desse processo, existem diversas questões legais e burocráticas que merecem uma atenção muito especial, a fim de que os produtos cheguem ao seu destino e possam ser comercializados sem o risco de nenhuma irregularidade.

Ficou interessado em conhecer melhor esses pontos cruciais na importação de máquinas e equipamentos? Então, este post é para você. Continue a leitura e confira os principais aspectos a serem levados em consideração!

1. Observe a adequação ao regime tributário

Para quem deseja garantir o êxito na importação de máquinas e equipamentos, um dos primeiros pontos que devem ser observados é se adequar ao regime tributário exigido. Esse é um aspecto muito importante, pois a desobediência a ele pode acarretar multas capazes de gerar grandes prejuízos.

Por isso, procure uma ajuda especializada e entenda perfeitamente se suas ações nessa operação estão de acordo com as normas tributárias vigentes. Com essa atitude, você garante o sucesso na importação e pode planejar seus lucros desse momento em diante.

2. Estude o contrato entre as partes com muita cautela

Outro fator fundamental na importação de máquinas e equipamentos é estar bastante atento ao contrato celebrado entre as partes. Esse é o documento que regulará toda a operação, e é necessário que ele esteja totalmente adequado aos interesses do importador e às normas fiscais.

Dessa maneira, sempre revise todas as cláusulas do contrato de importação. Qualquer elemento que provoque ambiguidade ou possa dar ensejo a alguma brecha de descumprimento deve ser retirado ou readequado. Assim, você garante o êxito na negociação e evita aborrecimentos futuros.

3. Esteja atento à confiabilidade do seu fornecedor

A escolha do fornecedor é outro ponto-chave no sucesso dessa operação. Ele será a outra parte envolvida no negócio, e o produto dele será utilizado por você. Assim, é essencial que ele seja confiável e que o maquinário oferecido tenha qualidade. Caso contrário, aumentam-se os riscos de prejuízos.

Então, antes de fechar o contrato de importação, analise a reputação desse fornecedor no mercado internacional e procure feedbacks de outros clientes sobre os produtos oferecidos e sobre a confiabilidade na prestação de serviços.

Além disso, você pode dar prioridade para fornecedores de países que tenham acordos de preferência tributária com o Brasil, pois, desse modo, poderá garantir redução de gastos com imposto de importação e aumentar mais ainda os lucros.

Portanto, percebemos que a operação de importação de máquinas e equipamentos pode ser muito lucrativa, mas exige uma série de estratégias a serem colocadas em prática pelo importador para garantir sua rentabilidade.

Em todos esses aspectos, a contratação de uma equipe de prestação de serviços aduaneiros será muito útil. Esses profissionais auxiliarão a encontrar os melhores caminhos e as opções com maior potencial de lucro. Assim, o importador se assegura de contar com pessoas comprometidas com o interesse dele e com muita experiência na importação de máquinas e equipamentos.

Gostou deste post? Então, assine nossa newsletter e receba conteúdos tão relevantes quanto este diretamente no seu e-mail!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário